QR Code–Código de barras em 2D

Código QR é um código de barras em 2D que pode ser facilmente escaneado usando qualquer celular moderno. Esse código vai ser convertido em uma pedaço de texto (interativo) e/ou um link que o celular os identifica. Exemplo do QR Code: infocotidiano No código acima possui um link para o acesso a este blog (http://www.infocotidiano.blogspot.com/) Se você possuir um celular com um leitor de Código QR e uma conexão com a internet, basta acessar o programa de leitura do Código QR e posicionar a cam do seu celular na frente do Código QR acima. Automaticamente a imagem será captura e convertida pelo seu celular, e o blog Infocotidiano será exibido em seu browser. História Inicialmente usados para catalogar diferentes partes na construção de veículos, hoje o QR Code é usado no gerenciamento de inventário em uma grande variedade de indústrias. Desde 2003, estão sendo desenvolvidas aplicações direcionadas para ajudar os usuários na tarefa de adicionar dados em telefones celulares usando a câmara fotográfica. Os QR Codes são muito comuns também em revistas e propagandas, onde usam-se os códigos para guardar endereços e URLs, além de informações pessoais detalhadas, no caso de cartões de visitas, facilitando muito a inserção destes dados em agendas de telefones celulares. Consumidores com programas de captura ou PCs com interface RS-232C, podem usar um scanner para capturar as imagens. O padrão Japonês para QR Code, JIS X 0510, foi disponibilizado em Janeiro de 1999 e corresponde ao padrão internacional ISO/IEC 18004. Foi aprovado em Junho de 2000. “QR Code é aberto para uso e sua patente, pela Denso-Wave, não é praticada.” (retirado do site da Denso-Wave). Capacidade de Armazenamento

  • Numérica – Max. 7.089 caracteres
  • Alfanumerica – Max. 4.296 caracteres
  • Binário (8 bits) – Max. 2.953 bytes
  • Kanji/Kana – Max. 1.817 caracteres

* Fonte: Wikipédia

Publicado por

Daniel Morais

Comecei na área de TI há um bom tempo (1991) com aqueles cursos de MS-DOS 6.22, WordStar, Lotus123, Dbase III Plus, etc. Adorei programar em Dbase III Plus utilizando Dbf; achei fantástico quando aprendi a programar em Clipper Summer 87 e posteriormente Clipper 5.x, que era muito estável em rede utilizando Novell NetWare. Desde então sou um fanático por TI. Hoje desenvolvo aplicações para Windows, Android, OS X e Linux utilizando Lazarus (free Pascal) . Blogueiro (www.infocotidiano.com.br, www.aprendalazarus.com.br, www.startdb.info). Além dos meus Blogs tenho um canal no YouTube o www.youtube.com.br/infocotidiano onde tenho mais de 1 Milhão de visualizações com vídeos de dicas diversificadas que vão desde solucionar um erro de impressão, curso sobre banco de dados, até criar software multi-plataforma utilizando o Lazarus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *